SENTIMENTOS

terça-feira, fevereiro 15, 2005

Os Gatos


Num dos meus tempos perdidos a fazer "zapping", encontrei este magnifico clip musical, fiquei completamente rendido, acho de uma genealidade fantastica o que se fez com estes pequenos animais.
Não é por acaso que os gatos, são o meu animal domestico favorito.
Palavras paraa que...vejam e comentem, apenas peço paciencia pois demora a visualizar...

domingo, fevereiro 13, 2005

Um dia estranho

Naveguei por alguns blog´s, e é impressionante constatar o que se pode fazer com um, as modificações, o som, as imagens. Eu para já vou-me mantendo fiel ao velhinho estilo, simples e conciso, alias um pouco como eu...um ser simples.
Aparte esta pequena introdução, o que é um dia estranho?...Vou transcrever a letra de uma canção que me diz muito. Podem chamar-me de dinossauro pela antiguidade da musica, mas o que é certo é que a letra é sempre actual.


"A Strange Day"
Give me your eyes
That I might see the blind man kissing my hands
The sun is humming
My head turns to dust as he plays on his knees
As he plays on his knees
And the sand And the sea grows
I close my eyes
Move slowly through drowning waves
Going away on a strange day
And I laugh as I drift in the wind Blind
Dancing on a beach of stone
Cherish the faces as they wait for the end
Sudden hush across the water
And we're here again
And the sand
And the sea grows
I close my eyes
Move slowly through drowning waves
Going away
On a strange day
My head falls backs
And the walls crash down
And the skyAnd the impossible Explode
Held for one moment I remember a song
An impression of sound
Then everything is gone
Forever
A strange day
The Cure - Pornography
Para quem não conhece faço o pedido para ouvirem, fecharem os olhos e sentirem a vibração da melodia, sentir os sons da guitarra e do baixo.
Depois digam la que não há dias estranhos.....

domingo, janeiro 30, 2005

A Minha Visão

Depois de alguma ausencia, volto ao meu cantinho, a minha memória para descrever o que me vai na alma...
A minha visão, como eu sinto o mundo em relação ao ser humano, o que traz e felicidade...alias, o que é a felicidade?....
O que nos faz sorrir... que nos faz ter um bom dia...
Acho que existe uma panoplia de opçoes que todas conjugadas podem fazer-nos felizes, a conjugaçao do amor, da alegria, do trabalho, de bens materias.... e por ai adiante. No entanto as pessoas mais felizes são aquelas menos exigentes, aquelas que se contentam com um ou dois itens e ja conseguem a sua felicidade, pior são os mais exigentes, aqueles que querem mais e mais, penso que essex nunca chegaram a saber o que realmente e a felicidade, tendo durante a vida apenasrasgos de bem estar.
Se é que me é premitido eu aconcelho as pessoas todos os dias quando acordarem passarem pelo menos 2 minutos a frente de um espelho e sorrirem, o dia correra melhor sem duvida. Mesmo aqueles mais tritez e revoltados iram encontrar algo que os fará mover neste nosso mundo. Encontraram a energia necessaria para o dia-a-dia.

segunda-feira, janeiro 03, 2005

Azul

Porque Azul?

Depois de mais um dia de rotina, do corre corre diario, do sorriso forçado e olhar indiferente das pessoas que connosco cruzam, chego a calma do lar.
Estranho estar aqui a escrever, sempre fui avesso a tal, nunca quis diarios, agendas ou coisas tais...será por ser novidade?
Acho que deveria dar uma pequena explicação sobre o azul...Azul cor do ceu, cor do mar, cor da vida. É a cor com a qual me identifico, uma cor que por mais variações tenha é sempre relaxante e calma no seu olhar. Deixa-nos voar e transportar para outra dimensão.
Como uma pequenissima história da minha vida, posso dizer que o azul sempre esteve presente em mim. Se quero relaxar procuro o mar olho o ceu e deixo-me entrar noutra dimensão. Se quero vestir uso o azul, cor com a qual ha sempre combinações a fazer. E agora entrando um pouco no meu intimo, se quero encontrar alguem procuro um olhar azul...
Espero que sejam poucas as pessoas que leiam o que para aqui escrevo, pois começo a correr o risco de ser apelidade de futil, de dar importancia a coisas de pequeno valor, mas que para mim tem muito significado, que regem o meu dia-a-dia, a minha maneira de viver...

domingo, janeiro 02, 2005

A minha visão

Ano novo...vida nova...

Esta é a minha primeira vez que escrevo algo ao possivel alcance de tantas pessoas.
Apenas quero trazer para aqui a minha verdade a minha visão, a minha realidade. Não quero acusar ninguer nem criticar. Não quero que reparei na escrita, nos possiveis erros, mas sim no fundamental, no que se tenta exprimir.
Sinto-me triste com a nossa impotencia, com a condição humano. Somos tão pequenos face a mãe natureza.
É interessante ver o comportamento humano quando tais cataclismos acontecem, a união em prol de um unico objectivo, mas é lamentavel que seja necessario acontecer tais coisas para a união dos povos. É lamentavel que passados dias volta tudo a normalidade ou melhor dizendo a anormalidade, ao esquecimento até novamente a mãe natureza nos dizer que existe.
Tento não querer ver as noticias do mundo, mas há algo no ser humano que nos faz querer saber mais e mais e mais. Este acto na minha singela opinião acho que é hipocrita pois estamos a assistir no calor do nosso lar aos infortunios de milhões, a tristeza a resignação de milhares de pessoas. Temos uma sede de ver mais e querer mais....
O que eu peço é para não nos esquecermos do que se passou no fim de 2004, que acordemos, de-mos as mãos e que lutemos por um futuro melhor. Vamos começar a tratar melhor a nossa natureza, vamos dar o exemplo. Vamos deixar de nos lamentar-mos e dizer basta. Vamos parar de dizer que umá só voz não chega, pois essa voz pode começar a ser ouvida por mais e mais, vamos criar um elo, vamos lutar pelo nosso mundo querido.
Peço desculpa, pois perdi-me no que escrevo, mas acho que a minha mensagem chegou.